Maconha


Maconha: Variedade de cânhamo (Cannabis Sativa var. indica), cujas folhas e flores se usam como narcótico e produzem sensações semelhantes às provocadas pelo ópio. (Sinônimos, vários deles populares ou de gíria: liamba, aliamba, diamba, riamba, bagulho, bengue, birra, dirígio ou dirijo, erva, fuminho, fumo, fumo-de-angola, cânhamo, haxixe, mato, pango, soruma, manga-rosa, massa, tabanagira)”, segundo o Novo Dicionário Aurélio.


Licor de maconha:
dizem ter o mesmo perfume e o sabor de um cigarrinho do capeta.

A maconha é uma das drogas mais difundidas e usadas no Brasil, devido ao custo relativamente baixo. O consumo da droga é alto em todas as classes sociais, causando muita felicidade aos traficantes... Os efeitos típicos durante o consumo (que vão embora em poucas horas) são o aumento da frequência cardíaca, sensibilidade e apetite; capacidade comprometida de pensamento, comunicação e memória recente, coordenação motora, funções intelectuais, período de euforia, vontade de rir e boca seca.

Em caso de doses mais elevadas da substância psicoativa, além das sensações acima descritas o usuário pode ter alucinações / ilusões / paranóias, ansiedade e angústia que levam ao pânico, incapacidade de ato sexual, medo de morrer e sensações estranhas. Com o passar do tempo de uso, os danos ao sistema pulmonar e cardiovascular são grandes, aumentando as chances de desenvolver câncer no pulmão; diminuição das defesas do corpo aumentando as chances de infecção, aumento dos riscos de isquemia cardíaca e percepção do batimento cardíaco. O raciocínio lógico-matemático e a memória de curto prazo ficam inibidas durante e algum tempo depois do uso.



A maconha (marijuana, mary jane, marihuana) é um entorpecente produzido à partir de plantas da espécie Cannabis sativa. A substância psicoativa encontrada na maconha e haxixe é o delta-9-tetrahidrocanabinol, também conhecida como THC. Na maconha e haxixe, a proporção é de 8%, enquanto em algumas variações da maconha podem chegar à estonteantes 33% de THC, como é o caso do Skunk - cruzamento entre Cannabis sativa e Cannabis indica.


No Brasil, a planta chegou cedo, talvez ainda no século XVI, trazida pelos escravos (o nome "maconha" vem do idioma quimbundo, de Angola. Mas, até o século XIX, era mais usual chamar a erva de fumo-de-angola ou de diamba, nome também quimbundo). Por séculos, a droga foi tolerada no país, provavelmente fumada em rituais de candomblé (teria sido o presidente Getúlio Vargas que negociou a retirada da maconha dos terreiros, em troca da legalização da religião). Em 1830, o Brasil fez sua primeira lei restringindo a planta. A Câmara Municipal do Rio de Janeiro tornou ilegal a venda e o uso da droga na cidade e determinou que "os contraventores serão multados, a saber: o vendedor em 20 000 réis, e os escravos e demais pessoas, que dele usarem, em três dias de cadeia." Note que, naquela primeira lei proibicionista, a pena para o uso era mais rigorosa que a do traficante. Há uma razão para isso. Ao contrário do que acontece hoje, o vendedor vinha da classe média branca e o usuário era quase sempre negro e escravo.

A maconha pode ser inalada, por cigarro ou cachimbo - narguilé, bong ou pipe -, maneira mais comum. Ou também ingerida, como ingrediente de alguma receita - bolos, em geral. Há quem ainda não saiba, mas também existe uma versão líquida da droga - o Green dragon. (Sabia?) Abaixo, cerveja de...maconha! Tem na Alemanha,Holanda, Inglaterra...

O “baseado” - nome popular no Brasil para o cigarro de maconha - é feito à partir de papel de seda ou arroz... e outros. No Brasil existem várias espécies da maconha, como a manga rosa (Bahia), cabrobó (Pernambuco), racha côco (Minas Gerais), pelo do babuíno (baixa qualidade), verme (extremamente forte), skunk (maior concentração de THC). Pesquisas entre estudantes do nível médio que usam drogas "pesadas" indicam que a maioria deles iniciou o uso de drogas pela maconha, antes de passar para outras substâncias (cocaína, anfetaminas, heroína).
A maconha põe crianças e jovens em contato com pessoas que usam e vendem outras drogas além da maconha.

Legalizar a maconha não acabará com o tráfico, os traficantes continuarão existindo e vendendo outras drogas ilícitas. No remoto caso de uma legalização da compra e da venda, haveria dois modelos possíveis. Um seria o monopólio estatal, com o governo plantando e fornecendo as drogas, para permitir um controle maior. A outra possibilidade seria o governo estabelecer as regras (composição química exigida, proibição para menores de idade, proibição para fumar e dirigir), cobrar impostos (que seriam altíssimos, inclusive para evitar que o preço caia muito com o fim do tráfico ilegal) e a iniciativa privada assumir o lucrativo negócio.

Um tour pelo "Hash, Marijuana & Hemp Museum", vulgarmente chamado de Museu da maconha... Numa cidade cheia de Van Goghs, Rembrants e Vermeers há como ocupar o tempo muito melhor, concordam? Ah, a Holanda é um dos poucos países onde usar drogas não é crime, e na capital Amsterdã existem bares onde a clientela é formada exclusivamente por consumidores de maconha. http://www.dormiu.com.br/imagens/hash-marijuana-hemp-museum-5235/

Eufemismos para fumar um:

Vamos fica na paz de Jah!
Conversar com Jah
Ver o show do Bob Marley
Torrar um banzito
Ficar suave
Curtir a brisa da natureza
Vestir um pijama (pra depois dormir)
Fumar um orégano...
...fazer uma pajelança.
Dar um tapa na pantera
... Queimar um??
Fazer fumaça
Soltar uma pipa(fazendo o movimento de levar o baseado a boca e tirar)
Acender uma vela pra Jah
Mandar um charuto de rasta
Homenagear o verde
ficar red eyes...
Beckar
...carburar um.
...fumar um charlie.
Queimá um brofo
Carburar...

Como é a legalização da maconha é um assunto muito extenso, vou citar apenas "um" motivo para que a maconha não seja legalizada no Brasil: A falta de educação pública de qualidade. Para saber escolher os caminhos da vida, precisa-se conhecer cada um deles. Muita gente fuma maconha sem nem saber em que tipo de mecanismo está envolvido.
O uso medicinal da maconha é antigo. Hoje há muitas pesquisas com a cannabis para usá-la como remédio. Segundo o farmacólogo inglês Iversen, não há dúvidas de que ela seja um remédio útil para muitos e fundamental para alguns, mas há um certo exagero sobre seus potenciais. Em outras palavras: a maconha não é a salvação da humanidade. Um dos maiores desafios dos laboratórios é tentar separar o efeito medicinal da droga do efeito psicoativo - ou seja, criar uma maconha que não dê "barato". Muitos pesquisadores estão chegando à conclusão de que isso é impossível: aparentemente, as mesmas propriedades químicas que alteram a percepção do cérebro são responsáveis pelo caráter curativo. Esse fato é uma das limitações da maconha como medicamento, já que muitas pessoas não gostam do efeito mental.

Por que existem drogas legais, como o álcool e o cigarro?
Maconha faz mais mal a saúde do que o álcool e o cigarro?
Porque o governo não faz um combate efetivo ao trafico de drogas?

{ 19 Comentários... Skip ke Kotak Komentar }

exoticlic.com disse...

eu usei por cerca de 3 anos e hoje não sinto falta

lioness disse...

Com certeza a vida é curta demais para destruir o pouco que temos dela. As pessoas se afundam em vícios por várias razões, mas considero a pornografia um vício tão prejudicial quanto essas drogas, porque destrói famílias e vários níveis de relacionamento na sociedade.
Concordo plenamente com sua posição a respeito da legalização da maconha. Quem se envolve não faz idéia de onde está se metendo.
Feliz Páscoa.

Filhas da PUC disse...

Sou contra a legalização da maconha no Brasil justamente pelo argumento que tu usaste: a nossa sociedade não tem autonomia o suficiente para usar a droga.
Esse Green Dragon possui o mesmo efeito da droga quando queimada? Nunca tinha ouvido falar em cerveja de maconha, heheh.

MUITO legal o post, superinteressante. Parabéns =)
.
www.filhasdapuc.blogspot.com

MARCOS LEITE(POETA D'ALMA) disse...

obrigado pela visita,espero que volte mais vezes!

tenha uma boa tarde!

e feliz pascoa!

MARCOS LEITE(POETA D'ALMA) disse...

Oi,vim avisar que eu mudei meu endereço do blog POETA MARCOS LEITE
Espero que continue visitando, e que se você estiver-me likado,troque o endereço,viu?
Por favor!

O novo é http://marcosleitte.blogspot.com

Fernando Costa disse...

vcs estao falando merda.

EU FUMO MACONHA desde os 10/11 anos de idade, nasci pobre, ESTUDO E TRABALHO

e vcs vm diz q faz mal (hehehheh).

só faz mal P/ qm Ñ tm vontad d crescer.

eu estudo d manha (curso tec. em GSI (Ger. Sist. Info.)

trabalho a tard (escritorio contabil e advocacia)

a noit facul (Cienc. da Compu.)

e d madrugada trabalho num jornal local.

eu FUMO SEMPRE (TODO DIA) depois d sai do escritorio e sempre (TODO DIA) antes d i trabalha no jornal e nas oras vagas faço programas em ksa pra vender para pqnas empresas e fumo em ksa ou com os amigos nas oras vagas SÓ NAO CRESCE QM NAO QÉ PQ A MACONHA NAO TM NADA A VER COM A IGNORANCIA DE ALGUNS.

e qualquer pessoa esta propicia a ter cancer a tv diz a maconha causa cançêr, c fosse só a maconha nao morreria tanta gnt.

e cigarro q já foi comprovado q traz mais maleficios e vndido normalmente (heheheh Q PIADA)

Marlon Utzig disse...

è incrivel a capacidade do ser humano de falar bosta do que nao sabe..de experiencias que nunca teve!

Eu fumo a no minimo 5 anos.. jogo bola..pratico esportes normalmente..nao fico morrendo igual fumantes de cigarro normal...

é claro que tem pessoas que abusam.. da msm forma que abusam do alcool....e de outras coisas...

se vc fuma um vc fica consciente das coisas que vc ta fazendo...vc nao sai loko no transito..!!

nao e como vc tomar um porre de cerveja i sair loko por ai...

eu nao bebo..nem fumo cigarro normal...sò maconha..!!

E concerteza os beneficios da maconha...poderiam ser muito bem aproveitados pela sociedade.

LEGALIZE jà.!

Renann disse...

Não sou afavor da legalização da Sativa no Brasil, até por que nosso pais como todo mundo ja sabe nao da conta nem sendo inlegal, mas em fim,
fumo maconha sim, nao tenho vergonha de dizer, ja faz em media uns cinco ou seis anos, e sou uma pessoa saudadevel, e concordo com meu amigo do comentario acima, "é muito facil falar sem se informar" (alguem aqui ja ouviu isso? SUAHSUA)
A maconha pode ser uma boa aliada para a evolução do ser humano, éla ajuda pensar, raciocinar e também faz voce relaxar, qué um importante fato, e meus amigos, acreditem! Em poucos anos vamos precisar ser muio evoluidos mentaumente!
Mas também como um bom critico nao posso deixar de falar aqui que éla faz mal, SIM, é logico que faz mal, tudo consumido em esseso faz mal.
um grande abraço a todos e tenhao um otimo ano!
Att, Renann Pettry

Anônimo disse...

Tenho que reconhecer certo serviço que a maconha presta prá comunidade, ela estraga de vez quem já mostra que não presta mesmo…

Anônimo disse...

Pô Renan, em "esseso" faz mal ??
Já tá fazendo heim ..?

Nada é Real disse...

É engraçado como nem na internet as pessoas tem coragem de usar o “direito de expressão”. Porém postam comentários anônimos, falam oque não sabem, e pior, fala de quem não sabe e não conhece... é complicado mesmo esse nosso pais, enquanto as pessoas continuarem com vergonha de “mostrar a cara” (neste caso é só o nome), continuaremos vivendo nesse terceiro mundo no qual nós mesmos criamos. Eu sinto pena da humanidade. Renann Pettry

Nada é Real disse...

É engraçado como nem na internet as pessoas tem coragem de usar o “direito de expressão”. Porém postam comentários anônimos, falam oque não sabem, e pior, fala de quem não sabe e não conhece... é complicado mesmo esse nosso pais, enquanto as pessoas continuarem com vergonha de “mostrar a cara” (neste caso é só o nome), continuaremos vivendo nesse terceiro mundo no qual nós mesmos criamos. Eu sinto pena da humanidade. Renann Pettry

breno disse...

Legalize-jaaa.....

A pior droga eo preconceitooo!!

Brenooo akiii

WALISSOM disse...

O poblema e que a maconha e errado aos olhos da sociedade,mais pra quem sabe usar nao é! ... hoje em dia se a pessoa não beber ela vai fuma cigarro, com certeza ela vai fazer alguma coisa .Claro que nao são todas as pessoas, algumas escapam.

LEGALIZE JÁ!

Anônimo disse...

só tenho a dizer que fumo todos os dias da minha vida; vou trabalhar namorar converço com meus pais sem interferencia nehuma a maconha me deicha bem e não é vicio c eu não tenho não cinto falta; parem de tratar pessoas que fumam crak da mesma forma que os que fumam maconha (só maconheiro sim muito prazer ;D)

luan i. disse...

A maconha não é nem uma arma biologica como o crack..pessoas mal informadas pensam que é o mesmo efeito,a pessoa fica noiada..mais eu tenho pena desses vermes.So usa quem quer,e se fizer mal,o que é muito dificil,so faz mal para quem esta consumindo,então porque se meter.Eu fumo a uns 3 anos..fico relaxado e bato uma larica da porra e vou durmi sem fazer mal a ninguem.Cuidado voce que falam mal da canabis sativa,porque um dia voces podem ter um filho e ele começar a fumar crack e voce vão implorar para que ele funacem maconha!

GEAN disse...

LEGALIZE JA!!!
EU SOU AFAVOR DA NATUREZA DA PAZ EDA MACONHA..

BINHO hemp disse...

Nem liguem para oq que disem ... "Uma erva natural não pode te prejudicar" ( PlanetHenp ) _\|/_ LEGALISE JÁ _\|/_ ...Lembrando não falem oq não sabem ... '-- .... PRECONCEITOS NÃO ... TDs na pas de JAh ..!

Johnny disse...

Todos saberm os beneficios eps efeitos colaterais,ignorantes aqueles q proibem!!Fuma quem quiser ou não vivemos em um pais livre?????Rumo a liberação!!!!!!!!!!!

 

Banner



About

Mãe e Filho que gostam de se manter informados e inteirados sobre diversos tipos de assuntos. Alguns bem diferentes. Entre e venha compartilhar conosco, curta, comente e de sugestões.
MDiversidades © 2012 | Template By Jasriman Sukri